sábado, 15 de setembro de 2012

GÓDIGO PACTO DE SANGUE NA COMPRA DE VOTOS!

Esta ilustração idealizada na teologia da idade média, onde o ser humano está sempre vunerável a sedução espiritual. É como se fossemos disputados pelo bem e pelo mal.

Sobre essa dualidade que muitas instituições religiosas, administram o medo das pessoas diante da espiritualidade arrebanhando recursos e pessoas - acontece de tudo!

No entanto nenhuma prova evidencia que, fora a vida na terra, existam espíritos com essas aparências angelicais, ou monstruosas. Na realidade a aparência dessa ilustração, faz parte da técnica ilusória para amedrontar os fiéis, no intuito de impor regras.

As religiões se sustentam na espiritualidade, muitas colocam os seres humanos no centro dessa dualidade espiritual, cujas regras, tais como os "Dez Mandamentos" estabelecem se nossas ações nos jogarão para um lado ou para o outro lado. Sim, há o perdão, desde que em contrapartida ocorra o re-enquadramento sócio-religioso ao Grupo Religioso que teoricamente esteja na administração da fé. Na realidade, nenhuma religião tem de fato o poder do perdão, porque a dívida há de ser paga em algum momento da vida, se é que tenha realmente ocorrido algum erro, pois alguns de entendimentos de erro e pecado são mais dogmáticos do que reais, ou seja, são interpretações elásticas de escrituras.

Bem, isto é o que socialmente está implícito e acordado na sociedade moderna e especificamente no Brasil pela liberdade de culto. Eis que nos Catimbós, no mês de Setembro de anos eleitorais... os políticos corruptos...

O CÓDIGO DO PACTO DE SANGUE NA COMPRA DE VOTOS

Acontece que, algo de muito estranho ocorre em meio ao nosso mundo a fora:
Esta é uma cerimônia de abate de animais, para preparo caruru para a Festa à entidades - mais conhecido como matança! Observem a degola de galinha cujo sangue ainda quente é misturado a mel de abelha e vinho tinto - Sangue Real e bebido ainda quente! Para evitar problemas descaracterizamos as faces. Essa pessoa que está bebendo o Sangue Real, está incorporada com algum espírito que está usando o corpo do médium para beber o sangue. Esta matança ocorreu há 16 anos e foi custeada por um Político que queria ganhar as eleições comprando votos.
Foram sacrificadas várias galinhas, um boi e sete bodes, para a festa dos Erês. As vezes, realizados em meio de grupos onde a fome e a miséria os levam a insanamente pactuar com a liderança de um explorador.

As galinhas brancas foram para pagar a dominação de eleitores comuns, para aceitarem a sedução na compra de votos. Segundo afirmam, o trabalho é garantido, independente se o eleitor é católico, evangélico, Pastor ou Padre, se aceitar a sedução do dinheiro ou da promessa estará no papo - é o pacto que espiritualmente está sendo forçado pela entidade espiritual que recebeu o sangue.

As galinhas vermelhas são para pagar trabalhos mais difíceis, como fazer pessoas de oposição aceitar a sedução para mudar de lado.

As galinhas pretas e bodes são para pagar trabalhos de fazer com que os opositores tenham suas vidas complicadas e que ocorram até mortes, por doenças, por acidentes e até mortes naturais, desmanchamento de famílias, traições, desemprego para passar fome, etc...

O boi e bodes pretos são para cobrir trabalhos mais pesados, como fazer com que Juízes cedam a sedução da venda de sentenças e/ou policiais aceite à sedução financeira para se corromperem.

Quando a pessoa aceita a Grana, quando aceita a Promessa de Emprego, quando aceita material de construção, a pessoa está fazendo um pacto triangular entre o Político Corrupto, a Entidade Espiritual e Ela Própria, que se vê obrigada a cumprir o negócio, ainda que não assinem nada!

Normalmente o termo usado é: "dei minha palavra de honra" - que honra pode existir em vender o voto???

O Sangue do animal, vale como se da pessoa fosse. E, a maior parte do sangue é entregue em vasilhas às imagens abaixo:

Cada imagem dessa tem o nome de quem ela representa, as duas de traz representam o Exu Tiriri, e o da frente Exu Tranca Ruas. Alguns autores negam que os Exus tenham essas aparências grotescas. Alegam que estas aparências são folclóricas para a Administração do Medo.


Horripilante não? Para quem aceita que existam espíritos com essas aparências é assustador. Para muitos tratam-os de capetas, mas nos Terreiros são conhecidos como Exus. Na tradição dos Terreiros, não se brinca com os Exus - Todo Pai de Santo respeita-os. Aliás, nos Centro Espíritas Cardecistas e alguns Terreiros de Umbanda ou Candomblé, fala-se da existência dos exus, mas jamais ocorre estas práticas acima de sangue e tão pouco de bebidas.

Existem muitas pessoas adeptas a essa pratica, protegidas pela Liberdade de Culto. E, os que desenvolvem esse culto de magia negra, especificamente, financiada por pessoas inescrupulosas em ter poder de forma mais fácil, o fazem em segredo. A pubricidade é silenciosa e acreditem, muita gente da alta sociedade de Vitória da Conquista e região usam destes serviços.

Segundo informou matéria da Revista Isto é
- Independente - ATÉ FERNANDO COLLOR
|  N° Edição:  2012 |  28.Mai.08 - 10:00 |  Atualizado em 16.Set.12 - 23:05 
 Collor rejeita a tal maldição. Repete que é católico, devoto de Nossa Senhora de Fátima (ele anda sempre com um button com a imagem da santa na lapela, ao lado do button dourado de senador). “Inventam muitas coisas a meu respeito”, diz ele. Mas o fato é que sua ex-mulher Rosane Collor e uma ex-mãe-de-santo, Maria Cecília da Silva, têm repetido com freqüência que sessões de magia negra aconteciam nos jardins da Casa da Dinda, a mansão que a família de Collor tem no Lago Norte de Brasília, onde ele morava quando era presidente. Rosane e a ex-Mãe Cecília – assim ela era conhecida quando mãe-de-santo – se converteram ambas à igreja evangélica El Shaddai. A última vez que Rosane contou detalhes sobre as sessões de magia negra foi ao jornal evangélico Folha Universal, no dia 28 de fevereiro. Segundo Rosane disse ao jornal, Collor acreditava que “os trabalhos poderiam mandar o mal de volta” sobre quem desejava algo ruim a ele. De acordo com o que relatam Rosane e a ex-Mãe Cecília, galinhas e outros animais eram sacrificados durante esses rituais.
O que Collor de fato fazia nos famosos jardins da Dinda, só quem esteve presente pode saber. A verdade, porém, é que o destino daqueles que se opuseram a ele e foram protagonistas do processo de impeachment realmente impressiona. A começar por seu irmão Pedro Collor, autor da primeira denúncia contra o ex-presidente. Ainda enquanto se desenrolava o processo, Pedro Collor descobriu que tinha um tumor maligno no cérebro. A doença avançou de forma rápida e, dois anos depois, em 1994, o irmão mais novo de Collor morreu. É verdade, porém, que o câncer parece ser um fator genético na família. O irmão mais velho de Collor, Leopoldo, também padece em São Paulo com a doença.

Fernando Collor, mesmo depois de perder o Poder via do Impeachment, ainda foi eleito a cargo eletivo e todos lembram o quanto ele foi ovacionado enquanto presidente.
 
Dinheiro alto corre nessas práticas.

Uma pessoa, "conhecida" minha, lá de Belo Campo, chegou a procurar esses trabalhos, no intuito de pedir o término do próprio casamento, para que o marido se separe dela sem ela perder seus direitos - uma das pessoas que fazem este tipo de trabalho, lá de Belo Campo, pediu a ela R$ 900,00. Imaginem o quanto não cobram para ganhar uma política.

Inclusive o Filme "Advogado do Diabo" é singular para retratar o assunto (The Devil's Advocate (no Brasil, Advogado do Diabo[1]), é um filme estadunidense de 1997, do gênero suspense, dirigido por Taylor Hackford. ).

Pobre não banca um trabalho desses - só Grana alta!

Se dá certo eu não sei, ninguém arrisca a afirmar que dá certo abertamente, ninguém gosta de se envolver, fica envolto em uma núvem de mistérios, mas é muito estranho o que tem ocorrido: Político bebado é ovacionado como se fosse um Deus, mas que está mais para Papa das Trevas ou Barão do Inferno; Ninguém segura este tipo de gente, trai a mulher com qualquer uma que escolher, mesmo filha ou irmã de amigos, ou esposa de Ex-Prefeito; No máximo ganha uns tombos e todos tem medo dele; Até Juiz já se ferrou apoiando gente assim; Não possuem qualquer índole, passam horas e dias em bares bebendo e falando mal das vida dos inimigos e até dos próprios amigos, mas conseguem vínculos forte de amizades que os colocam como Deuses; Os inimigos morrem e gente assim só morre quando não tem mais jeito do corpo aguentar em pé; As pessoas mesmo aliadas que os colocam em risco, morrem de uma para outra hora - Revejam o passado não muito distante e façam a comparação!

O Barão das Trevas, assim que voltou de tres semanas no inferno, foi recebido com festa e levado nas costas - Isso não é estranho?!

Revejam seus Juizos de Valores, ouçam as pessoas sérias e não se enganem com quem, por conta do dinheiro que adquiriu ilicitamente, se faz de Santo e em épocas oportunas passa a admiravelmente usar o poder para comprar o seu juízo!


Tem gente que acha que religião é só dentro da igreja e que pode cometer erros, como vender votos, achando que o erro é de quem compra e não de quem vende - na realidade é um pacto, todos erram! Religião se pratica a todo instante dando um Sim ou dando um Não, aceitando ou não, etc... Todo momento é uma encruzilhada onde devemos decidir qual a decisão a tomar!

Podem rodar por aí, até o dia das eleições, o quanto de caruru requintado vai ter por aí a fora no Brasil. Não precisam ir muito longe não. Muitos são já famosos neste tipo de matança e no sangue real! 

Evidentemente, muitas casas espíritas sérias, farão seus carurus a Cosme e Damião, ou Erês, mas não fazem este tipo de ritual do sangue não. Não podemos cometer o erro de entender que todo caruru é assim, porque muitos são realmente tradições religiosas.

Em alguns carurus existe sangue real, mas feito apenas de vinho e mel, sem sangue animal.


Não podemos mudar o passado, mas o futuro sim, cuidemos de nossas ações para fazermos um futuro melhor, não devemos aceitar dinheiro fácil, a dignidade começa de nossas próprias ações - Não venda seu Voto de forma nenhuma, principalmente para Gente Igual ao Barão das Trevas!

Querem seguir o Barão das Trevas o sigam, mas saibam que ele não tem limites!

O Barão das Trevas ainda se atreve a chamar os outros de Macumbeiros, mas...

_____________________________________

Não citei nomes, qualquer semelhança, deixo a quem couber a carapuça.

E, A CARAPUÇA SERVIU, PORQUE ME TELEFONARAM FORÇANDO A TIRAR A MATÉRIA DO BLOG, MAS APENAS FIZ ALGUNS AJUSTES EM RESPEITO AOS ENVOLVIDOS. ISSO É PROVA QUE O BARÃO IDENTIFICOU O QUE E ONDE ELE FEZ!

Os fatos acima são verídicos e os estou estudando há muito tempo de forma autodidata, pois existe pouca literatura séria a respeito.

A Mediunidade é uma realidade, mas existem muitos médiuns viciados no ganho fácil - Estão mal administrados, porque não aceitam que estejam errados!


Quando querem e se dedicam a caridade, são verdadeiros Santos, tal como foi Chico Xavier, Mãe Menininha do Cantois e muitos outros! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Objetivamos a articulação e socialização de fatos, onde a participação do leitor contribui para que tenhamos o resultado para operarmos em melhoria da comunicação! Obrigado